O Método

O método Pilates é indicado para reabilitação física, condicionamento físico geral e bem-estar.    Ele promove a harmonia, flexibilidade e equilíbrio muscular e, os exercícios, prescritos pelo professor de acordo com as principais necessidades e objetivos de cada aluno. Desta forma, o Pilates pode ser praticado por pessoas de todas as idades e níveis de condicionamento físico. Além disso, ainda trás como benefícios a melhoria da concentração, coordenação motora e consciência corporal. O método Pilates consiste em uma grande variedade de exercícios utilizando aparelhos especiais e acessórios, com o objetivo de desenvolver o corpo harmoniosamente. Os exercícios são rítmicos, de força e alongamentos, e demandam concentração e controle do corpo.

 Ao invés de realizar várias repetições, o método Pilates requer que os exercícios sejam feitos com menos repetições e com movimentos precisos. Tem como objetivo reconstruir os movimentos fundamentais do corpo, enfatizando a respiração, desenvolvendo a consciência corporal, a concentração, o controle e o fortalecimento do Centro de Força do Corpo, região que inclui os músculos abdominais, lombares, glúteos e pélvicos, realinhando a postura e integrando o tronco, a cintura escapular e a pélvis.

Trabalha progressivamente a força e alongamento, aumentando a flexibilidade dos músculos e a amplitude de movimento das articulações. O programa melhora a respiração, a coordenação ,o equílibrio , a força, o alongamento, estimula o sistema circulatório , alivia o estresse .

Tem suas indicações nas áreas de treinamento e na prevenção e reabilitação de lesões esportivas, problemas da coluna vertebral, alterações posturais e nas dores em geral.

​Indicações

Os exercícios de Pilates são prescritos para todas as pessoas de qualquer idade. Homens, mulheres e crianças que já praticam atividade física, para os que não a praticam a muito tempo e até para aqueles que nunca praticaram nenhum tipo de atividade física.

Para  pessoas de mais idade: O Pilates é uma forma de exercício de baixo impacto, ideal para quem tem problemas de saúde ou que não tem feito qualquer exercício recentemente.

Jovens: Podem aprender padrões de movimentos mais saudáveis e adquirir força e flexibilidade com o método Pilates.

Crianças e adolescentes: Aprendem os limites do próprio corpo, desenvolvem os músculos e ganham flexibilidade e boa respiração se praticarem os exercícios de Pilates.

Gravidez e Pós parto: Entre as 13ª semana e a 40ª semana de gestação e após 1 mês do parto, a mulher pode praticar Pilates para facilitar o parto ou recuperar a forma física no pós parto, fortalecer os abdominais e dos músculos pélvicos que ajudam no tratamento da incontinência urinária.

Recuperar de uma lesão: A prática de Pilates pode ajudar a recuperar a força e mobilidade após um trauma, como ossos fraturados e luxação muscular.

Atletas: Pode ajudar a diminuir as lesões do esporte acrescentando o Pilates ao treino normal.

Funcionamento:​

seg à sex : 07h às 21h

 ​​Horários promocionais:

seg à sex : 14h às 18h

Contra-Indicações

O Pilates pode ser feito por todas as faixas-etárias, desde as crianças até os idosos. O ideal é que seja praticado em um ambiente que permita a concentração na atividade.

A única contra-indicação do método é para casos de lesões no sistema músculo-esquelético em processo de dor aguda. Passada essa fase, inicia-se a reabilitação, na qual o Pilates é utilizado para trabalhar a força muscular, a flexibilidade e o ganho ou recuperação de movimento.

Pilates na Terceira Idade

Leia o artigo elaborado pela Dra. Renata Ribeiro  especialmente para a "Revista Pilates" e conheça os benefícios da prática durante esta importante fase.